Pessoas que têm uma empresa ou desejam começar um negócio podem se inscrever no programa através do site.

A Agência de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Adetec) de Lins (SP) criou uma incubadora virtual para dar apoio aos empreendedores, através da internet. O mesmo serviço era oferecido de forma virtual pela agência antes da pandemia de coronavírus.

Nos últimos meses, depois de oferecer consulta online gratuita, eles tiveram a ideia de criar a incubadora. Isso porque os pequenos empreendedores estão sofrendo as consequências da pandemia, com muitas atividades suspensas desde março.

A incubadora de Lins pode apoiar empreendimentos de qualquer parte do mundo. Ela é um ambiente estruturado para dar suporte online para quem tem uma ideia para empreender ou para quem já tem uma empresa e precisa acelerar o negócio.

O programa foi dividido em trilhas de desenvolvimento: financeiro, de visão e estratégia de mercados, gestão de pessoas, inovação, entre outras. Consultorias específicas também são disponibilizadas, como na área jurídica, tecnologia da informação, contábil, marketing, entre outras.

Inscrição

Para se inscrever na incubadora, o empreendedor precisa acessar o site disponibilizado, preencher os dados e enviá-los para análise. Uma comissão avalia em qual fase se encaixa o empreendimento para começar o suporte.

Não será cobrada taxa nos primeiros meses de projetos nascentes em escolas de nível superior ou técnico. Já para empresas mais avançadas, serão cobrados valores acessíveis, mantendo a característica social da entidade sem fins lucrativos.

Fonte: https://glo.bo/2QfNMni

4 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *